quinta-feira, 19 de março de 2015

Irani de Almeida é o novo técnico do Ji-Paraná

Foto: Alexandre Jabá
O técnico Irani de Almeida (foto) é o novo técnico do Ji-Paraná para a disputa do Campeonato Rondoniense Gazin 2015. A confirmação foi feita pelo próprio treinador na tarde desta terça-feira.

De acordo com o treinador, a diretoria passou para a imprensa nesta quarta-feira “Estou indo na sexta-feira e no sábado já estarei por lá. Segunda-feira apresentaremos o elenco e iniciaremos o trabalho”, confirmou Irani.
 
Irani confirmou que dos 14 jogadores que irão reforçar o elenco do Galo da BR, oito desembarcam no próximo final de semana. “No domingo chegam oito jogadores, o preparador físico Renan Martins (ex-São Bernardo-SP) e o preparador de goleiros Carlos Barbosa, que trabalhou comigo no interior do Paraná. Já o restante vai chegar a partir da semana que vem. Alguns deles estão em competição”, frisou o treinador.

Irani pretende contar com todo elenco até o dia 26 de março. “Além dos jogadores que chegam, acertamos com o Robson Lino (ex-Rolim de Moura), Leandro Rodrigues (ex-Ji-Paraná e Ulbra), Rincón (ex-Ji-Paraná e Rolim de Moura), o Robson Baiano (ex-Espigão e Ji-Paraná) e Dalvan (ex-Ji-Paraná)”, destacou.

Após sua chegada em Ji-Paraná, o treinador confirmou que ainda irá avaliar alguns atletas que podem reforçar o elenco. “Vou analisar mais alguns jogadores que eles (diretoria) vão colocar à disposição”, finalizou.

Irani de Almeida já realizou três trabalhos na região Norte. Em 2004, o treinador comandou as categorias de base da Aseel (RO). Em 2005, foi técnico do Shallon (RO). E em 2013 dirigiu o Ariquemes (RO).

Ao longo da carreira, o treinador já comandou o Arapoti-PR, Ariquemes-RO, Jaguariaiva-PR, José Bonifácio-SP, Pato Branco-PR, Pindorama-PR, Ponta Porã-MS, Portuguesa Londrinense-PR, Shallon-RO e Urso-MS.

O Ji-Paraná estreia no dia 5 de abril diante do Ariquemes, no estádio Cassolão, em Rolim de Moura.

Confira a relação de atletas confirmados pelo treinador:

Goleiros: Aranha (ex-Vênus-PA) e Manga (ex-Pimentense);
Laterais: Dalvan e Ramer (ex-Comercial-MS);
Zagueiros: Anderson (ex-Vênus-PA e ex-Seleção Sub-20), André Morosini (ex-Rolim de Moura) e Alexandre (ex-Itaberaí-GO);
Volantes: Rincón, Fernando (Francisco Beltrão), Davi (Tupã-SP);
Meias: Sávio (ex-Itararé-SP), Robson Baiano (ex-Goianésia-GO), Rodolfo (Assisense-SP);
Atacantes: Felipe, Leandro Rodrigues, Robson Lino (ex-Rolim de Moura).

 Futebol do Norte
 

Confirmado no estadual, Ji-Paraná tenta liberação para jogar no Biancão

Portões do Biancão estão inadequados
(Foto: Pâmela Fernandes)
Mesmo depois de confirmada a participação do Ji-Paraná no Campeonato Rondoniense, nem tudo está resolvido. O Galo da BR ainda não tem certeza se vai conseguir fazer as os jogos em sua própria casa. Estádio Biancão permanece interditado pelo Corpo de Bombeiros e Ministério Público de Rondônia. Porém, a diretoria do clube afirmou que deve tentar mais uma vez a liberação do local para o campeonato.

O estádio foi interditado pelo Corpo de Bombeiros e MP-RO em dezembro. Os principais problemas que levaram à decisão do MP são os que estão diretamente ligados à segurança tanto de atletas como de torcedores que frequentam o local.

Mudança nos portões para facilitar a evacuação, continuação do alambrado para impedir acesso dos torcedores diretamente ao campo, reconstrução de 100 metros de muro, entre outros itens são exigidos pelo MP. Mas o presidente do clube, Carlos Aguilar, ainda não perdeu as esperanças de ver o galo jogar em casa.

- Estamos com toda a papelada em mãos e vamos tentar sim a liberação do estádio. Eu acho que não está muito difícil. Pelo que vimos nas razões da interdição. Não são coisas muito difíceis de serem resolvidas. Eu ainda acredito que o Ji-Paraná pode jogar em casa – afirma Aguilar.


Romão Moreno, diretor do estádio, conta que ele e a diretoria do clube estão se empenhando para que o estádio seja liberado. Moreno contou ao GloboEsporte.com que podem ser feitas ações para solucionar as questões de segurança do estádio e assim, conseguir a liberação para o campeonato.
Setores das arquibancadas estão descobertas (Foto: Pâmela Fernandes)

- Eu acredito que seja apenas uma questão de bom senso das autoridades para liberar o Biancão. As questões de segurança podem ser resolvidas rapidamente. Os muros que estão caídos, podemos colocar seguranças para impedir a entrada. Nos portões também, para caso de saída de emergência, não tenhamos problemas – acredita o diretor.
Para garantir, Romão conta que já estão tratando o gramado para que, caso a liberação seja concedida, esteja tudo pronto para receber os times.

Globo Esporte RO

sexta-feira, 13 de março de 2015

Prestação de contas - Vaquinha em prol do Ji-Paraná

Devido a baixa adesão a campanha virtual de arrecadação de dinheiro em prol ao Ji-Paraná Futebol Clube, o blog Ji-ParanáFC resolveu devolver o dinheiro dos participantes. Foram arrecadados apenas 130 reais, divididos da seguinte maneira:
Abaixo os comprovantes de depósito, em contas bancárias obtidas após contato do organizador (Bruno Porto de Lima) com os participantes.

O blog desde já agradece a participação dos envolvidos e pede desculpas pelos transtornos estabelecidos. Continuaremos nosso trabalho de divulgação e apoio ao Ji-Paraná Futebol Clube, o mais tradicional e o maior campeão do futebol rondoniense.

Att. Bruno Porto de Lima

terça-feira, 13 de maio de 2014

Campanha virtual quer salvar o Ji-Paraná da falência

Chegou a hora de nós, torcedores e admiradores do Ji-Paraná, ajudarmos nosso clube para que no próximo ano ele desempenhe uma boa temporada e lute por títulos, quem sabe até trazendo a Copa do Brasil para nossa cidade em 2016. Nosso objetivo é angariar no mínimo 20 mil reais para o clube até janeiro de 2015. Isso será feito através de uma vaquinha virtual, através do renomado site Vakinha.com.br. CLIQUE AQUI PARA FAZER SUA DOAÇÃO.

As doações podem ser feitas por boleto bancário ou cartão de crédito, bastando clicar no botão "contribua já". São descontadas taxas a cada contribuição recebida, conforme os dados abaixo:
2,9% + R$0,40 Para pagamentos com boleto e transferências online interbancárias;
6,4% + R$0,40 Para pagamentos com cartão de crédito;

O valor mínimo para contribuição é de R$ 5,00. Esses valores podem estar sendo conferidos pelo site http://site.vakinha.com.br/taxas-e-termos-de-uso. A pessoa responsável pela arrecadação é Bruno Porto de Lima, administrador da fan-page do Ji-Paraná Futebol Clube na internet, dono do blog http://www.ji-paranafc.blogspot.com. O término da arrecadação ficou para o dia 10 de janeiro de 2015.

Alcançando a meta ou não, todo valor arrecadado será destinado para o clube, será divulgado o recibo assinado entre o presidente vigente do clube e o responsável pela arrecadação, Bruno Porto de Lima. Esse recibo será disponibilizado na internet para que todos tenham acesso. Também haverá uma tabela contendo todos os valores arrecadados, todas as taxas do site e todos os valores entregues diretamente ao clube. Qualquer dúvida poderá ser sanada pelo facebook. Obrigado desde já e vamos juntos salvar o Ji-Paraná Futebol Clube. Abraços e saudações ji-paranaenses! Bruno Porto de Lima.

sábado, 10 de maio de 2014

Torcedor do Ji-Paraná propõe "vaquinha" para ajudar time em 2015

Bruno Porto organiza campanha para ajudar o Ji-Paraná.
Ele administra fan-page no Facebook e mantém blog sobre
o Ji-Paraná Futebol Clube.
Depois de uma campanha desastrosa no Campeonato Rondoniense, contrastando com os anos anteriores e diversos problemas técnicos, um torcedor do Ji-Paraná se manifestou em uma rede social na tentativa de ajudar o clube. O questionamento aos seguidores da página do time era o posicionamento em relação a criação de uma "vaquinha", feita pelos próprios torcedores, para ajudar o time no ano de 2015.
Segundo o administrador da página e idealizador da campanha, Bruno Porto de Lima, a ideia surgiu pela quantidade de torcedores que o time possui e a falta de patrocínio e interesse dos empresários. Muitos torcedores deram a opinião e elas foram das mais variadas. Alguns apoiaram a ideia e o time, outros criticaram a administração, o desempenho nos jogos e o preço dos ingressos.
- A ideia surgiu após eu ir no estádio e ver que a torcida já não apoia mais como antes e também ver que os empresários locais não se dispõe a ajudar o clube. Pensei nisso considerando que o Ji-Paraná tem uma grande quantidade de admiradores em diversas partes do país - comenta Bruno.

Globo Esporte

terça-feira, 6 de maio de 2014

Sofrendo goleada, Ji-Paraná se despede do Rondoniense com a pior campanha desde sua fundação

O Ariquemes goleou o Ji-Paraná  neste sábado, 3, no estádio Valerião, por 4 a 0. Com a vitória, a equipe se classificou em segundo lugar para a semifinal do Campeonato Rondoniense com os mesmos 26 pontos do líder, Vilhena, mas com menor saldo de gols. Já o Galo da BR encerrou a sua participação na lanterna da competição, com apenas quatro pontos ganhos e uma das piores campanhas de todos os tempos.  

Jogo
 
Disputando a liderança ponto a ponto com o Vilhena, o Peixe do Vale do Jamari abriu o placar contra o Ji-Paraná aos 18 minutos do primeiro tempo, com um gol do artilheiro Souza, que arrancou pelo meio do campo e bateu no canto do goleiro do Jipa. Aos 35 minutos, Talisson ampliou de fora da área para o Ariquemes, terminando o primeiro tempo em 2 a 0.

Segundo tempo
 
Com o time bem postado dentro de campo, o Ariquemes continuou com a posse de bola até que César marcou o terceiro. A jogada nasceu dos pés de Souza, aos 12 minutos da etapa complementar. Pouco depois, aos 20, Diego Siqueira marcou mais um para o Peixe do Vale do Jamari, que deixou o confronto 4 a 0 para a equipe da casa.
Com os resultados, o Rolim de Moura ficou com a última vaga no G4. O Vilhena vai à 26 pontos, seguido do Ariquemes, também com 26 pontos e em terceiro classifica o Pimentense, com os mesmos 20 pontos.
ariquemes 4 x 0 ji-paraná
(Rocha, Marquinhos, Batista, Eumar, Eduardo, Kennedy, Magno Ribeiro, Talisson, Souza, Matheus Leoni e Felipe)
(Alan, Vitão, Junior, Dheyson, Henrique, Pablo Maranhão, Anderson, Weltinho, Danley, Athos e Witalo)
Técnico: Júlio Cézar 
Técnico: Geraldo da Costa
Gols: Souza, Talisson, César, Diego Siqueira (Ariquemes)
Cartões:  Marquinhos, Eumar e Souza (Ariquemes)
Anderson e Junior (Ji-Paraná)
Local: estádio Valerião
 
Globo Esporte

domingo, 6 de abril de 2014

Ji-Paraná perde para o Vilhena e afunda na lanterna da competição

Com seis minutos de atraso para o início do confronto, por causa da falta de médico no campo, a equipe do Vilhena venceu o Ji-Paraná, jogando fora de casa, na partida válida pela 9ª rodada do Campeonato Rondoniense. O jogo aconteceu no domingo, 6, no estádio Biancão. Com o resultado, o VEC pulou para a primeira colocação, com 16 pontos. Já a situação do Galo da BR é cada vez pior. O time continua na lanterna da competição, com apenas três pontos ganhos. 

A próxima partida do Vilhena é contra o Pimentense na quarta-feira, 9, às 19h30, no estádio Portal da Amazônia. O compromisso do Ji-Paraná também será contra o CAP, só que no outro domingo, 13, às 16h, no estádio Biancão.

Jogo
Rafael Pato abriu o placar do jogo
Em uma partida bem movimentada, o Jipa saiu na frente, ao marcar o primeiro com Rafael Pato, aos seis minutos de jogo. Com os mesmos seis minutos depois, o VEC empatou o confronto com Cabixi, que marcou aos doze, e virou a disputa aos 32, com João Leandro. O time do cone sul do estado ainda teve tempo de ampliar com um gol de Junior, que fechou o placar do primeiro tempo, aos 45 minutos em 3 a 1, para os visitantes.   

Segundo tempo
No segundo tempo, o jogo ficou morno, até que o Vilhena conseguiu aumentar a vantagem para 4 a 1, com um gol de Roallase, aos 41 minutos da etapa regulamentar. Mas, o Ji-Paraná diminuiu logo após com Dan, que deixou a partida com o placar final de 4 a 2 para o VEC em cima do Jipa, que perdeu mais uma jogando em casa.

Globo Esporte

quarta-feira, 2 de abril de 2014

Genus e Ji-Paraná se enfrentam nesta quarta em busca da classificação

Depois de jogar seis jogos fora de casa pelo Campeonato Rondoniense, o Genus finalmente vai realizar uma partida atuando em Porto Velho. De acordo com o técnico, Paulo Miranda, o time deve jogar no estádio Aluízio Ferreira, contra o Ji-Paraná, nesta quarta-feira, 2, às 16h.  A equipe da capital tenta subir na tabela da competição, após a vitória suada contra o Rolim de Mora, no último final de semana. Já o Ji-Paraná tenta deixar o incômodo lugar de lanterna da competição.
O próximo confronto do Aurigrená é contra o Rolim de Moura, no sábado, 5, também em Porto Velho, em local a definir. Já o Galo da BR recebe o vice-líder, Vilhena, no domingo, 6, às 16h, no estádio Biancão.

Genus
 
O time aurigrená que vai enfrentar o Ji-Paraná deve ser o mesmo que enfrentou o Rolim de Moura, na vitória de 2 a 1, no último final de semana, em Rolim de Moura. O técnico, Paulo Miranda, está satisfeito por poder a equipe e dar mais entrosamento ao grupo.  
- Pela terceira vez consecutiva, eu poderei repetir a mesma equipe. Isso é muito bom, porque dá mais entrosamento para o grupo, que já está fechado – disse o treinador otimista na busca de mais três pontos. 
O Genus deve entrar em campo com Thiago, Hugo, Alex, Richard e Cleberson, Rike, Choco e Goiano, Claudio, Marcos Canhoto e Maitá.
Paulo Miranda também terá o meio campo, Palermo, que estava machucado, a sua disposição para a partida. 

Ji-Paraná

 A estratégia do Galo da BR, para jogo desta quarta-feira contra o Genus, é esfriar a cabeça e usar a inteligência. Parece mentira mas os atacantes Dan, Klebinho e Jaílson estão de volta. Os três atletas receberam alta do departamento médico e treinaram com a equipe nessa terça-feira.

- O Dan e o Klebinho viajam para Porto Velho, agora se vão entrar é outra história, mas porque não entrar? Irei definir mesmo só no dia do jogo junto com esquema tático. Não é hora de reclamar e sim de agir com inteligência e esfriar a cabeça, quero ver como a outra equipe vai se posicionar - afirma Neneca.

O atacante Kelbinho, por sua vez, lembra um velho ditado “time bom, é time que ganha”, que o grupo está determinado e que espera fazer uma boa partida e garantir os três pontos.

- Time bom é aquele que ganha. Queremos ser os melhores, somos vistos como melhores, então, temos que fazer valer o que está sendo trabalhado e parar de errar e agir com a cabeça. Nosso time é forte, tem condições e vamos atrás da vitória para garantir os três pontos - fala Klebinho.

Globo Esporte

domingo, 30 de março de 2014

Ji-Paraná é goleado pelo Ariquemes

A equipe do Ariquemes goleou o Ji-Paraná por 3 a 0, jogando fora de casa, neste domingo, 30, no estádio Biancão. Com o resultado, o Peixe do Vale do Jamari se mantém isolado na liderança da competição com 16 pontos em seis jogos. Já o Galo da BR continua na difícil posição de lanterna com apenas três pontos, em seis partidas disputadas.


Dominando mais o jogo, o Ariquemes abriu o placar com Matheus Leoni, aos 30 minutos de partida. Magno ainda aumentou para a equipe, aos 35 do primeiro tempo e Souza ampliou a contagem marcando mais um tento, aos 20 da etapa complementar, deixando o confronto em 3 a 0.  
O próximo jogo do Ji-Paraná é contra o Genus, na quarta-feira, 2, às 16h. A partida deve ser realizada em Porto Velho, em local ainda a definir. O Ariquemes enfrenta o União Cacoalense, no domingo, 6, às 17h30, no estádio Aglair Tonelli, em Cacoal. 

Ji-Paraná 0 x 3 Ariquemes
Ji-Paraná
(Douglas, Vitão, Demetrius, Rogério, Mauro, Juninho Paraibano, Anderson, Neilton, Rafael Pato, Ivan e Witalo)
Ariquemes
(Rocha, Keiton, Vagner, Edson, Abinael, Quintino, Matheus, Leoni, Diego, Souza e Magno)
Técnico: Geraldo (interino)
Técnico: Júlio César
Gols: Matheus, Magno e Souza (Ariquemes)
Cartões: Anderson (Ariquemes)
Local: Estádio Biancão
 
Globo Esporte

quinta-feira, 27 de março de 2014

Depois da quarta derrota consecutiva, Neneca faz mudanças no gol

Com um quadro delicado no Rondoniense, Neneca garante que as mudanças já começaram a ser feitas. O time segue em último no campeonato, tem cinco desfalques e amarga quatro derrotas consecutivas. Mas mesmo com tantos problemas, o que menos preocupa o treinador é o gol. O goleiro Daniel está fora do próximo jogo e boatos diziam que Alan ficaria no lugar. Porém, os planos do técnico são outros. 

- Douglas entra no lugar. Ele está muito bom, entra com pegada firme e ágil, então está na vez. Vou fazer mudanças em todo o time, estou com cinco desfalques e essa é só a primeira até o fim da semana. 

Sobre as mudanças, Daniel garante que a ordem é só obedecer e fazer o trabalho bem feito.
- Eu não tenho o que questionar, estou aqui para receber ordens. Mudanças precisam ser feitas e se isso for feito com certeza será o melhor para o time. Douglas é um excelente jogador e está mais do que preparado, tem carreira e muita experiência.
O Galo da Br, volta jogar em casa nesse domingo,  30, contra o atual líder do Rondoniense o Ariquemes, o confronto será no estádio Biancão as 16h.

Globo Esporte